O CAMPUS X DA UNEB SE MANIFESTA CONTRA O GOLPE

UNEB

UNEB

Professores, técnicos e estudantes do Campos X da UNEB, juntam-se ao grito: “não vai ter golpe”. Em carta publicada a baixo na integra a comunidade acadêmica expõe os motivos pelos quais denunciam a tentativa de golpe contra a Presidenta Dilma.

UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO – CAMPUS X – TEIXEIRA DE FREITAS EM DEFESA DO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO – Abril/2016 Nós, docentes, discentes e técnicos-administrativo do Departamento de Educação/Campus X/ UNEB, abaixo-assinados, manifestamos através desta Carta Pública nosso posicionamento diante do atual contexto político e social em que vive o país. O reconhecimento da democracia brasileira, nesse momento histórico, encontra-se novamente em perigo. No Brasil, a maioria da sua população sofre com a desigualdade social e modelos educacionais cujos processos não favorecem um olhar crítico sobre as mazelas sociais. A essa realidade soma-se o fato de que, uma minoria privilegiada, detentora dos meios de produção do discurso, caracterizada pela elite brasileira tenta confundir essa população, mostrando os casos de corrupção investigados como algo inédito a na história do país. Além disso, é apresentada à população a ideia de que temos um judiciário imparcial e principalmente, que a crise econômica é apenas brasileira, ignorando o fato de que o contexto sociopolítico e econômico do país tem uma relação direta com os mecanismos de sustentação do capitalismo mundial. Compreendemos que o país se encontra assolado por crimes de corrupção, nada novo, em diferentes esferas da sociedade e que precisam urgentemente serem combatidos, mas se respeitando os princípios democráticos do Estado de Direito. O que se observa, no momento, é uma acirrada disputa política e ideológica pelo controle político do Estado. O atual sistema de investigação, denominado Lava Jato, vem atuando de forma arbitrária e muito perigosa para o país, fermentando uma convulsão social descontrolada, na forma como vem sendo conduzida por um magistrado midiático. Ações dessa natureza desrespeita a Carta Magna do país, haja vista que as investigações e os vazamentos seletivos só atingem visivelmente o governo atual e o partido dos trabalhadores – PT, uma vez que os demais são apenas citados, não havendo mostras de que estejam sendo investigados. PRIMAMOS PELO RESPEITO À CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA DE 1988 E AO ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO. Os assinantes deste documento vêm a público registrar a máxima indignação diante dos ataques de negação ao Estado de Direito e o nosso repúdio às ações de desvirtuamento de função que os poderes: Legislativo, Judiciário e Executivo vêm imprimindo na atual conjuntura política do nosso país. NÃO VAI TER GOLPE! Assinam: Docentes: Joelson Pereira de Souza, Gislaine Romana Carvalho da Silva, Liliane Maria Fernandes Cordeiro Gomes, Cleideni Alves do Nascimento, Maria Nalva Rodrigues de Araújo Bogo, Elzicléia Tavares dos Santos, Josinéa Amparo Rocha Cristal, Uerisleda Alencar Moreira, Maria Mavanier Assis Siquara, Maria Jucilene Lima Ferreira, Cristiane Gomes Ferreira, Minervina Joseli Espíndola Reis, Décio Bessa da Costa, Luzeni Ferraz de Oliveira Carvalho, Liana Pontes Sodré, Ana Odália V. Sena, Ivo Fernandes Gomes, Cecilia Maria Mourão Carvalho, Ireni Alves dos Santos, Maria Geovanda Batista. Técnicos: Lucas Aguiar Bezerra, Vanuza Grigoletto Crespo, Euselia de Oliveira Guimarães Reis. Discentes: Emanuel Bitencourt Araújo, Brenda dos Santos Silva, Anderson Pereira de Almeida, Micaele Aragão Silva, Taliane dos Santos, Dinaldo Barbosa da Silva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s